Facebook

Coronavírus Itália, Estado fatura 150 milhões em multas

A emergência de Coronavírus na Itália continua, assim como as verificações pela polícia para identificar os infratores do bloqueio. O Ministério do Interior divulgou dados sobre o número de abordagens e multas realizadas. São quase 14 milhões de cidadãos interrogados pela polícia e guardas municipais e, destes, 436 mil receberam imediatamente uma sanção administrativa.  

Um relatório do Ministério do Interior certifica que, de 11 de março a 11 de maio, quase 14 milhões de italianos foram checados (13.877.487 exatamente). Basicamente, um em cada quatro italianos foi parado por policiais ou guardas municipais.

321.255 italianos receberam punições, outros 115 mil foram denunciadas pelo não cumprimento das medidas administrativas.

No que se refere às lojas, 5.362.460 foram verificadas, 9.179 penalizadas, enquanto mais de 1.500 foram fechadas pela polícia, sempre pelo não cumprimento das medidas de contenção do contágio da Covid-19.

Ainda segundo o Viminale, em 14 de maio, 150.766 pessoas foram abordadas e 64 mil atividades comerciais averiguadas.  Destas, 1.311 pessoas receberam sanções e 94 estabelecimentos comerciais foram penalizados, dos quais 19 fechados. Além disso, 5 pessoas foram denunciadas por declarações ou atestados falsos e 22 por violação da proibição de distanciamento da habitação de quarentena. (Com informações de Affaritaliani.it)