Facebook

Coronavírus na Itália: Confirmados os dois primeiros casos no país

O coronavírus chegou oficialmente na Itália. A confirmação foi dada diretamente pelo premier Giuseppe Conte, nesta quinta-feira (30). "Os dois casos suspeitos estão confirmados. Dois turistas chineses chegaram ao nosso país em janeiro". O primeiro-ministro pede calma e afirma que não há motivo para alarme. Os dois infectados foram isolados no Instituto Nacional de Doenças Infecciosas Lazzaro Spallanzani, em Roma. "O ministro da Saúde, Roberto Speranza, já adotou uma ordem que fecha o tráfego aéreo de e para a China".

Além disso, o premier enfatizou que "estão sendo realizadas verificações cuidadosas para reconstruir o caminho dos dois cidadãos chineses e evitar absolutamente qualquer risco de mais infecções. No momento - conclui Conte - não há razão para criar alarme social, continuaremos acompanhando o despesa máxima de energia e recursos ".

Nesta sexta-feira (31), a proteção civil será tema de reunião do Conselho de Ministros. O vírus já infectou oficialmente quase 6.000 pessoas, causando mais de 160 mortes até o momento, todas ocorridas na China. A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou estado de emergência global em razão da disseminação do coronavírus.